20/04/2015

Antiquário

como sempre
eu chegando em casa
- você pelos cantos
antiquada
drama-queen
desmoronando nossas bocas
até que vem o sexo
(a língua que entendemos)
e aí
outra vez
vem a paz
a gente se suja de presença
gasta a saliva
coteja os olhos
e no espaldar da circunstância
repousamos
pra quê?

responde não

deixa nessa nossa
parede mal-pintada
o gosto de ser arte.

Nenhum comentário:

Postar um comentário