14/02/2015

Caracol

como casa
abrigo-me em ti:
estatura mediana
olhos de noite
e teus cabelos
caracol
em teus cantos

no teu plexo
(convém abri-lo)
eu me perco
-não vou me encontrar
e deslizo
menino

como casa:
trago-te para onde estou
trago-te inteira
num gole só
eu me deixo
eu me seguro

- estrangeiro

faço caso.
te faças moradia
que eu chego
deixa eu ser,
caracol

e bora.

Um comentário: